Saiba até onde aumentar o volume do seu som.

É comum que hoje em dia que o fone de ouvido seja quase uma extensão do corpo. Principalmente para os jovens. Seja no trabalho, transporte, academias e parques, é comum ver pessoas utilizando a tecnologia para ouvir som, sejam músicas, podcasts ou ter conversas pessoais.

Se torna quase indiscutível a “liberdade” que os fones trouxeram para população, porém é necessário ter alguns cuidados na maneira com que se utiliza, afinal o mau uso pode causar problemas graves para audição.

Por ser um problema silencioso, as pessoas levam em média sete anos entre a detecção da perda auditiva e o início do tratamento.

Pesquisas recentes apontam que pessoas de até 30 anos vem apresentando problemas precoces em relação à audição, o que se agrava por características dessa mazela.

E a “culpa” do fone está – principalmente –, no volume, afinal ele está sempre funcionando acima do ideal.

O saudável é que a pessoa fique exposta, por no máximo 8 horas, a um som de 85 dB (decibéis), um som equivalente ao de uma avenida movimentada.

Um bom termômetro para saber se o volume não está alto é que, mesmo utilizando os fones de ouvidos, seja possível ouvir o som ao redor, principalmente o de pessoas conversando.

Pensando nisso, a Sonivoxx traz algumas dicas de como se cuidar melhor:

  • Regule o volume do fone na escala intermediária, até a metade.
  • Tome cuidado com a higiene do fone, guarde em ambientes limpos.
  • Saiba dosar, ou seja, de descanso aos seus ouvidos com intervalos na utilização do fone.
  • Saiba revezar entre os dois ouvido, caso esteja acostumado a usar em apenas um. Isso evita a sobrecarga de apenas um lado.
  • Tenha cuidado para não se empolgar. É comum ter músicas preferidas, e aumentar o som involuntariamente. Saiba a hora de diminuir.
  • Se puder fazer uma opção por modelos supra-aurais, esses modelos tendem a ser menos prejudiciais.